Página Inicial
 Nutrientes
  Macronutrientes
   Carboidratos
   Proteínas
   Gorduras
   Fibras [+]
  Micronutrientes
  Vitaminas
   Vitamina A
   Vitamina D
   Vitamina E [+]
  Minerais
   Cálcio
   Sódio [+]
 Mais conteúdos [+]

 Guia Nutricional
 Artigos sobre Nutrição
 Alimentação Saudável
 Dicas Nutricionais
 Test Drive de Produtos
 Expectativa de Vida
 Teste Nutricional
 Teste Yin Yang
 Cálculos On-line
  Peso Ideal
  IMC
  Atividades Físicas
  Calorias Homens
  Calorias Mulheres
 Tabela de Calorias
 Nutrição e Patologias
 Área dos Professores

 Jogos On-line
 Exercícios Resolvidos
 Provas de Concursos

 Mito ou Verdade?
 Curiosidades
 Receitas
 Dicionário de Nutrição
 Notícias
 Profissão Nutricionista
 Laifis de Nutrição
 Downloads
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

.:: Cerveja e variação genética combinados aumentam risco de câncer gástrico - Só Nutrição ::.

Cerveja e variação genética combinados aumentam risco de câncer gástrico

Estudo espanhol avaliou dados de pesquisa europeia com mais de 500 mil pessoas

A combinação do consumo de muita cerveja e uma variação genética específica nos genes que metabolizam o álcool aumenta significantemente o risco de desenvolver câncer gástrico, de acordo com um estudo apresentado na 102ª Reunião Anual da Associação Norte-Americana de Pesquisa do Câncer, em Orlando, na Flórida.

O risco também é elevado, mas não de forma significativa, naqueles que bebem muita cerveja mas não apresentam esta variação genética, conhecida como rs1230025, e para aqueles que não bebem, mas apresentam as variações conhecidas como rs1230025 or rs283411. O estudo foi liderado pelo Dr. Eric Duekk, epidemiologista do Programa de Pesquisas para Câncer Epidemiológico do Instituto de Oncologia da Catalunha, na Espanha.

Este é o segundo tipo de câncer que mais mata no mundo. Há tempo acredita-se que exista uma ligação entre o consumo de álcool o desenvolvimento da doença, mas estudos anteriores mostravam resultados conflitantes.

Duell e sua equipe conduziram uma análise sobre o consumo de álcool e o risco de desenvolver câncer gástrico em mais de 500 mil pessoas com idades entre 35 e 70 anos que participaram de um estudo europeu realizado entre os anos de 1992 e 1998.

Os pesquisadores avaliaram o tipo de álcool consumido (se vinho, cerveja ou licor) e a localização e estágio do câncer. A associação encontrada foi restrita à cerveja. Os resultados mostraram que beber o equivalente a 30 gramas ou mais de álcool puro proveniente da cerveja foi ligado ao aumento de 75% do risco em desenvolver câncer gástrico. Vinho e licor não foram associados a este risco, de acordo com Duell.

O mecanismo exato sobre como o álcool causa o câncer gástrico é desconhecido. No entanto, Duell diz que há hipóteses envolvendo a influência de um metabólito do álcool (acetaldeído, um componente tóxico e cancerígeno) e nitrosaminas como a N-nitrosodimetilamina, encontrada na cerveja, no desenvolvimento da doença.

25/04/2011

Fonte: www.estadao.com.br

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale conosco

Copyright © 2017 Só Nutrição. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.