Página Inicial
 Nutrientes
  Macronutrientes
   Carboidratos
   Proteínas
   Gorduras
   Fibras [+]
  Micronutrientes
  Vitaminas
   Vitamina A
   Vitamina D
   Vitamina E [+]
  Minerais
   Cálcio
   Sódio [+]
 Mais conteúdos [+]

 Guia Nutricional
 Artigos sobre Nutrição
 Alimentação Saudável
 Dicas Nutricionais
 Test Drive de Produtos
 Expectativa de Vida
 Teste Nutricional
 Teste Yin Yang
 Cálculos On-line
  Peso Ideal
  IMC
  Atividades Físicas
  Calorias Homens
  Calorias Mulheres
 Tabela de Calorias
 Nutrição e Patologias
 Área dos Professores

 Jogos On-line
 Exercícios Resolvidos
 Provas de Concursos

 Mito ou Verdade?
 Curiosidades
 Receitas
 Dicionário de Nutrição
 Notícias
 Profissão Nutricionista
 Laifis de Nutrição
 Downloads
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

.:: Frutas e legumes podem contribuir para a limpeza dos dentes - Só Nutrição ::.

Frutas e legumes podem contribuir para a limpeza dos dentes

Segundo especialistas, alimentos fibrosos, como legumes e frutas frescas, já recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para uma alimentação balanceada, também contribuem para a limpeza dos dentes, ajudando a prevenir cáries e a manter uma boa saúde bucal. Segundo cirurgiões-dentistas da Faculdade de Odontologia São Leopoldo, esses alumentos, por serem duros, são capazes de limpar a superfície dos dentes por meio do próprio atrito provocado pela mastigação, removendo resíduos e placa bacteriana.

Os alimentos recomendados que limpam os dentes e os protegem são a maçã, a pera, a melancia, o kiwi, a cenoura, o pepino, a acelga e o aipo, assim como as nozes e as castanhas. Os especialistas ressaltam, no entanto, que apesar de con-tribuírem para a higiene bucal, eles não substituem a limpeza com creme e fio dental, fundamental após todas as refeições. "As maçãs possuem um mecanismo de ação interessante. Contêm polifenóis que estimulam a saliva e ajudam na limpeza dos dentes. Mas, por serem ácidas, apresentam o risco do desenvolvimento de cárie. Assim, a escova e o fio dental nunca devem ser dispensados", explica a professora Luciana Butini Oliveira.

Segundo a especialista, o consumo desses alimentos é indicado para qualquer idade. "Em crianças, por exemplo, é recomendada a introdução gradativa de alimentos sólidos por volta dos seis meses de idade, para que ela aprenda a mastigar e a desenvolver adequadamente as estruturas musculares da arcada dentária", explica a cirurgiã-dentista.

Luciana Oliveira acrescenta que a mastigação é muito importante e precisa ser realizada de forma correta. "Ela deve ocorrer com os lábios fechados e com os músculos mastigatórios mantendo os dentes em forte oclusão, principalmente na presença de alimentos duros. Sem a trituração dos alimentos de forma correta, eles acabam sendo digeridos em pedaços que podem provocar problemas gástricos".

Ricos em vitaminas A, B6, B12, C, D, E, K e ácido fólico, as frutas, os legumes e as verduras, de modo geral, têm baixo teor de açúcar e menos gordura se comparados aos alimentos considerados "vilões" da saúde bucal. O mel, o açúcar, refrigerantes, balas, bombons, bolachas doces e recheadas, gomas de mascar e outras guloseimas consumidas no dia a dia, ao contrário dos alimentos fibrosos, produzem ácidos que reduzem o PH da saliva, o que aumenta a proliferação de bactérias e o risco do desenvolvimento da cárie.

27/07/2010

Fonte: www.nutricaohoje.com.br

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale conosco

Copyright © 2017 Só Nutrição. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.