Página Inicial
 Nutrientes
  Macronutrientes
   Carboidratos
   Proteínas
   Gorduras
   Fibras [+]
  Micronutrientes
  Vitaminas
   Vitamina A
   Vitamina D
   Vitamina E [+]
  Minerais
   Cálcio
   Sódio [+]
 Mais conteúdos [+]

 Guia Nutricional
 Artigos sobre Nutrição
 Alimentação Saudável
 Dicas Nutricionais
 Test Drive de Produtos
 Expectativa de Vida
 Teste Nutricional
 Teste Yin Yang
 Cálculos On-line
  Peso Ideal
  IMC
  Atividades Físicas
  Calorias Homens
  Calorias Mulheres
 Tabela de Calorias
 Nutrição e Patologias
 Área dos Professores

 Jogos On-line
 Exercícios Resolvidos
 Provas de Concursos

 Mito ou Verdade?
 Curiosidades
 Receitas
 Dicionário de Nutrição
 Notícias
 Profissão Nutricionista
 Laifis de Nutrição
 Downloads
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

Proposta para modelo de procedimento de higiene a ser adotado pelos manipuladores de alimentos no comércio varejista de alimentos

(página 2)

2 MATERIAIS E MÉTODOS

Este estudo foi desenvolvido através de revisão da literatura a respeito de higiene e manipulação de alimentos. Para tanto, foi realizado um levantamento bibliográfico a cerca do tema, em “sites” brasileiros, em que as palavras de busca utilizadas foram manipulação, alimentos e higiene. Foram selecionados oito artigos, cinco livros especializados e sete leis relacionadas com o assunto.

Para elaboração do modelo de procedimento foram utilizadas a resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) - Resolução RDC nº 216, de 15 de setembro de 2004, que dispõe sobre Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação e a Portaria nº 5, de 19 de abril de 2013, do Centro de Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo15 que aprova o regulamento técnico sobre boas práticas para estabelecimentos comerciais de alimentos e para serviços de alimentação, e o roteiro de inspeção, anexo, e as cartilhas do “Programa Alimentos Seguros”, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), sem prejuízo de retirar dos artigos consultados procedimentos relevantes para a construção do modelo de procedimento.

O modelo de procedimento abrange os seguintes itens: Higiene do Manipulador; Higiene do Local de Trabalho e Higiene dos Alimentos.

3 RESULTADOS

3.1 PROPOSTA DE MODELO DE PROCEDIMENTO DE HIGIENE

3.1.1 Higiene do Manipulador

A higiene do manipulador é de fundamental importância no processo de fracionamento de alimentos. Diversos autores descrevem a respeito desse assunto, pois o manipulador de alimentos, além de ser responsável pela sua própria conduta durante todo o processo do seu trabalho, também é responsável pela higiene do local de trabalho, bem como a higiene dos alimentos.

O quadro abaixo foi construído após estudo da resolução da ANVISA - Resolução RDC nº 216, de 15 de setembro de 2004, que dispõe sobre Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação, a Portaria nº 5, de 19 de abril de 2013, do Centro de Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo, que aprova o regulamento técnico sobre boas práticas para estabelecimentos comerciais de alimentos e para serviços de alimentação, e o roteiro de inspeção, anexo e das cartilhas do “Programa Alimentos Seguros”, do SENAI.

QUADRO 1: HIGIENE DO MANIPULADOR
Lavar as mãos e antebraço com água e sabão neutro antes de iniciar o trabalho, na troca de atividade e no retorno dos sanitários;
Utilizar toucas para prender os cabelos;
Retirar todos os adornos (brincos, pulseiras, anéis, colares e relógios);
Utilizar uniforme limpo e de cor clara;
Ao manipular alimentos que estão prontos para o consumo (aqueles alimentos que não vão ser cozidos) utilizar também máscaras e luvas descartáveis, sendo que as mãos devem ser higienizadas antes de colocar as luvas;
Não pegar em dinheiro enquanto estiver manipulando alimentos;
As unhas devem estar aparadas e com ausência de esmalte;
Evitar utilizar pano de algodão para enxugar as mãos durante o trabalho. Deixar as mãos enxugar naturalmente ou utilizar toalha de papel não reciclável para secar as mãos;
Evitar mastigar enquanto estiver manipulando alimento;
Evitar falar e ou tossir em cima do alimento;
Evitar manipular alimentos quando apresentar cortes ou feridas nas mãos;
Não provar o tempero dos alimentos nas mãos;
Informar ao supervisor sempre que apresentar alterações de saúde ou estado físico, como gripes, resfriados e inflamação na garganta.



  

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale conosco

Copyright © 2017 Só Nutrição. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.